Consciência de Krishna no Lar - Um Guia Prático - ISKCON

Consciência de Krishna no Lar

Um Guia Prático

Adaptado

18pp, 10,5x17,5cm

©1998 The Bhaktivedanta Book Trust International, Inc.

Usado com permisão.


ÍNDICE

Introdução
Como fazer adoração em casa
Como cantar o mantra Hare Krishna
Como estabelecer um altar
Prasadam
Alimentos oferecidos ao Senhor com amor e devoção
Como preparar e oferecer prasadam
Vida diária
Os quatro princípios reguladores
Ocupação em serviço devocional prático
Princípios devocionais adicionais
Conclusão


Introdução

A finalidade deste folheto é mostrar que é possível e benéfico praticar a consciência de Krishna em sua vida diária, enquanto você vive e trabalha fora de um templo ou ashrama. A consciência de Krishna depende de você seguir os princípios de bhakti-yoga em todas as suas atividades. Naturalmente, viver em associação com os devotos torna mais fácil praticar o serviço devocional, mas, se você está determinado, pode seguir os ensinamentos do Senhor Krishna e do mestre espiritual em sua casa e assim transformá-la num templo de Krishna. De fato, se você seguir séria e constantemente a orientação do mestre espiritual, você afinal estará qualificado para aceitar a iniciação.
A vida espiritual, como a vida material, quer dizer atividade prática. A diferença é que enquanto praticamos atividades materiais para nós mesmos e aqueles que consideramos ligados a nós, as atividades espirituais são praticadas em prol de Krishna, sob a guia de um mestre espiritual genuíno (guru) e das escrituras reveladas (shastra). A chave para o sucesso espiritual é aceitar a orientação do guru e das escrituras. Krishna declara no Bhagavad-gita que a pessoa não pode alcançar a felicidade nem o destino supremo da vida, isto é, voltar para o Supremo, voltar para o Senhor Krishna, se ela não seguir os preceitos das escrituras. Os preceitos das escrituras são traduzidos em ocupações práticas no serviço ao Senhor por um mestre espiritual genuíno. De fato, o princípio básico na vida espiritual é aceitar a orientação de um mestre espiritual e seguir suas instruções como vida e alma. Sem seguirmos as instruções de um mestre espiritual que esteja numa corrente autorizada de sucessão discipular, não podemos progredir espiritualmente. As práticas delineadas aqui são práticas de bhakti-yoga de tempos imemoriais como foram dadas pelo mais importante mestre espiritual e expoente da consciência de Krishna de nossos tempos - Sua Divina Graça A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada - fundador-acharya da Sociedade Internacional para a Consciência de Krishna (ISKCON).
A finalidade do conhecimento espiritual é nos trazer para mais perto de Deus ou Krishna. Krishna diz no Bhagavad-gita (18.55) que bhaktya mam abhijanati: "Eu só posso ser conhecido pelo serviço devocional". O conhecimento nos guia na ação apropriada.O conhecimento espiritual nos guia em todos aspectos de nossa vida, com o objetivo de fazer de cada ato, um ato de amor e devoção a Deus, cheio de bem-aventurança transcendental e a satisfazer os desejos de Krishna através de ocupações práticas no serviço amoroso a Ele. Sem aplicação prática, o conhecimento espiritual tem pouca validade. O conhecimento espiritual é para nos dirigir em todos os aspectos da vida. Devemos nos esforçar para reorganizar nossas vidas de modo a seguir os ensinamentos de Krishna tanto quanto possível. Tente fazer o melhor que pode, fazer mais do que é simplesmente conveniente em sua situação presente. Deste modo, é possível viver dentro deste mundo material sem ser afetado por ele, mesmo morando longe de um templo.

Adoração em casa

Cantar o mantra Hare Krishna

O princípio mais básico no serviço devocional é que a pessoa deve cantar sempre o mantra Hare Krishna:


Hare Krishna, Hare Krishna, Krishna Krishna, Hare Hare
Hare Rama, Hare Rama, Rama Rama, Hare Hare

Você pode cantar os santos nomes do Senhor em qualquer lugar e hora, mas é melhor determinar uma hora especial do dia para cantar regularmente (as horas da madrugada são as melhores).
O cantar pode ser feito de duas maneiras: cantar propriamente (em grupo, se possível), chamado kirtana, e individualmente, chamado japa (que literalmente quer dizer falar em voz baixa). Você deve se concentrar em ouvir o mantra. Enquanto está cantando clara e distintamente numa atitude de oração a Krishna, você deve prestar toda a atenção em ouvir o mantra. Quando sua mente divaga e você perde a concentração, torne a trazer sua atenção ao mantra. Cantar é uma prece a Krishna que significa: "Ó Senhor todo-atrativo, ó energia do Senhor, por favor, ocupe-me em seu serviço". Quanto mais cuidadosa e sinceramente você cantar estes nomes de Deus, mais progredirá espiritualmente. Deve-se entender que os nomes de Deus e o próprio Deus são idênticos. Isto significa que quando cantamos os santos nomes de Krishna e Rama estamos nos associando pessoalmente com Deus. Estamos nos purificando através de nossa associação com Deus; portanto, devemos sempre cantar com grande respeito e reverência. As escrituras declaram que Krishna está dançando pessoalmente na sua língua quando você canta o Seu santo nome.
Individualmente é melhor cantar nas contas de japa, para poder contar o número de vezes que você canta o mantra diariamente, e também para ajudar a fixar a atenção. Cada cordão de contas de japa contém cento e oito contas mais uma conta maior (a conta principal ou conta de Krishna). Começando na conta próxima à conta principal e cantando todo o mantra Hare Krishna em cada uma das cento e oito contas até chegar de novo à conta principal (mas sem cantá-la) você completa uma volta.
Os devotos iniciados e os que vivem no templo cantam um mínimo de dezesseis voltas diárias, o que leva mais ou menos duas horas. Mesmo que você só possa cantar uma volta por dia, o principal é que você deve completar esta volta todos os dias sem falta. Quando você sentir que pode cantar mais, aumente o número de voltas diárias. Você pode cantar mais, porém deve manter um número mínimo fixo de voltas diárias. Por favor, observe que as contas são sagradas e portanto não devem ser postas no chão ou deixadas num lugar sujo. Para conservá-las limpas, recomenda-se deixá-las num saquinho especial, como fazem os devotos.
Além de cantar japa, você pode ainda ocupar-se em kirtana, cantar o santo nome do Senhor . Isto em geral se faz congregacionalmente, mas também pode ser feito individualmente. Se você mora com a família ou amigos, o kirtana será especialmente benéfico e animador para todos. Há melodias e instrumentos tradicionais usados em nossos templos, mas você pode cantar com qualquer melodia e usar qualquer instrumento para acompanhar o canto.

Estabelecendo seu altar


A japa e o kirtana são mais eficientes e agradáveis se feitos diante de um altar. O Senhor Krishna e Seus devotos puros são tão bondosos que podem receber nossa adoração e devoção através de seus quadros. Não se pode mandar uma carta colocando-a em qualquer caixa, deve-se usar a caixa do correio que é autorizada pelo governo. Assim também, não podemos imaginar uma forma de Deus e adorá-la, mas podemos adorar a forma autorizada ou pintura da forma de Deus, e Krishna aceita esta adoração através deste quadro.
Estabelecer um altar quer dizer receber o Senhor e Seus devotos puros como seus hóspedes mais honrados. Onde você deve armar o altar? Bem, onde você receberia um hóspede?
O lugar ideal seria limpo, bem iluminado, livre de correntes de ar e de perturbações domésticas. Seu hóspede, é claro, precisaria de uma cadeira confortável, mas para o quadro da forma de Krishna, uma prateleira de parede, um consolo de lareira, uma mesa de canto ou a prateleira superior de uma estante de livros servem. Você não mandaria um hóspede sentar-se em sua casa e depois o ignoraria; você arranjaria um lugar para você também se sentar onde poderia olhar confortavelmente para ele e gozar sua companhia. Então, não faça o seu altar inacessível.
O que é preciso para um altar? O essencial é o seguinte:
1. Quadros de Shrila Prabhupada e do guru de quem você pretende tomar iniciação, se você já escolheu um.
2. Um quadro do Senhor Caitanya Mahaprabhu e Seus associados.
3. Um quadro de Shri Shri Radha-Krishna.
Alguns de vocês também podem querer uma toalha de altar e itens para oferecer a Krishna, como copos d’água (um para cada quadro), velas e castiçais, um prato especial para oferecer alimento, um sininho, incenso e incensário e flores frescas, que se podem oferecer em vasos ou colocar simplesmente aos pés da pessoa a quem se oferecem. Se você está interessado numa adoração mais elaborada da Deidade, como é feita no templo, por favor, sinta-se à vontade para perguntar.
A primeira pessoa que adoramos no altar é o mestre espiritual. O mestre espiritual é o mais querido servo de Deus. Só Deus é Deus. Mas, porque é o mais querido servo de Deus, o mestre espiritual merece o mesmo respeito e honra dados a Deus. Ele une o discípulo com Deus, e lhe explica o processo de bhakti-yoga. Sua posição é análoga à de um embaixador, que é tratado exatamente como se fosse o presidente. Porque ele foi autorizado pelo presidente, e porque é autorizado, suas palavras e ações têm o mesmo peso que teriam se ele fosse o presidente.
Há duas espécies de gurus: o guru instrutor e o guru iniciador. Todos no Ocidente que adotam o processo de bhakti-yoga têm uma dívida imensa para com Sua Divina Graça A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada. Antes que Shrila Prabhupada viesse para o Ocidente, ninguém aqui sabia nada sobre a prática do serviço devocional puro ao Senhor Krishna. Portanto, todos os que aprenderam sobre o processo através de seus livros, sua revista De Volta ao Supremo, suas fitas ou seu movimento Hare Krishna, devem oferecer respeito a Shrila Prabhupada. Como fundador e guia espiritual da Sociedade Internacional da Consciência de Krishna, ele é o guru instrutor de todos nós.
À medida que progredir em bhakti-yoga, você poderá finalmente querer aceitar iniciação. Shrila Prabhupada, antes de deixar este mundo em 1977, autorizou um sistema no qual devotos avançados e qualificados continuariam seu trabalho iniciando discípulos de acordo com suas instruções. Atualmente há muitos mestres espirituais em nossa sociedade. Pergunte no templo mais perto de você como encontrá-los para orientação espiritual e associação ou então mande-nos um email.
Outro quadro no seu altar é o do panca-tattva, o Senhor Chaitanya Mahaprabhu e Seus associados. Shri Chaitanya Mahaprabhu é a encarnação de Deus para esta era. Ele é o próprio Krishna, que desceu na forma de seu próprio devoto para nos ensinar como nos rendermos a Ele, especificamente através do cantar de Seus santos nomes e através da realização de outras atividades de bhakti-yoga. Shri Chaitanya Mahaprabhu é a encarnação mais misericordiosa – Sua misericórdia é que Ele tornou o amor a Deus facilmente acessível a qualquer pessoa mediante o cantar do mantra Hare Krishna.
E naturalmente seu altar deve ter um quadro da Suprema Personalidade de Deus, Shri Krishna, com Sua consorte eterna, Shrimati Radharani. Shrimati Radharani é a potência espiritual de Shri Krishna. Ela é o serviço devocional personificado, e os devotos sempre se abrigam nEla para aprender a servir Krishna.
Você pode dispor os quadros da seguinte maneira: os quadros dos mestres espirituais na frente, com Shrila Prabhupada à direita de você. O quadro do Senhor Caitanya Mahaprabhu e Seus associados pode ficar no meio, e o quadro de Radha e Krishna, que deve ser um pouco maior que os outros, pode ficar num nível um pouco elevado, atrás, no centro, ou pode ser pendurado acima na parede.
Cada manhã você deve limpar cuidadosamente o altar. A limpeza é essencial na adoração da Deidade. Lembre-se que você não deixaria de limpar o quarto de um hóspede importante em sua casa. Se você tem copos d’água, lave-os e ponha água fresca neles diariamente. Ponha-os convenientemente perto dos quadros. Você deve tirar as flores logo que elas fiquem um pouco murchas se estiverem em vasos, ou diariamente se você as ofereceu, colocando-as na base dos quadros. Você pode oferecer incenso novo pelo menos uma vez por dia, e pode acender velas quando está cantando diante do altar.
Experimente o que sugerimos até aqui. Realmente é muito simples: se você tenta amar a Deus, gradualmente despertará à compreensão de quanto Deus o ama. Esta é a essência da bhakti-yoga.


Prasadam

Alimentos oferecidos ao Senhor com amor e devoção

Por meio de suas imensas energias transcendentais, Krishna pode realmente converter matéria em espírito. Se pusermos uma barra de ferro no fogo, em pouco tempo a barra se tornará incandescente e tomará todas as qualidades essenciais do fogo. Da mesma forma, a substância material do alimento que é oferecido a Krishna se torna completamente espiritualizada. Este alimento chama-se prasadam, uma palavra sânscrito que significa "misericórdia" do Senhor.
Comer prasadam é uma prática fundamental da bhakti-yoga. Em outras formas de yoga, a pessoa deve refrear os sentidos, mas o bhakti-yogi pode usar os sentidos em várias atividades espirituais agradáveis. Por exemplo, pode-se usar a língua para saborear os deliciosos alimentos oferecidos ao Senhor Krishna. Por meio destas atividades, os sentidos gradualmente se espiritualizam e automaticamente são atraídos aos prazeres divinos que ultrapassam em muito qualquer experiência material.
As escrituras védicas contêm muitas descrições da prasadam e seus efeitos. O Senhor Chaitanya, uma encarnação do Senhor Supremo, que apareceu na Índia há 512 anos, disse da prasadam: "Todo mundo já saboreou estas substâncias materiais. Porém, nestes ingredientes há sabores extraordinários e fragrâncias incomuns. Apenas saboreie e veja a diferença de experiência. Além do sabor, até a fragrância agrada à mente e faz esquecer qualquer outra doçura. Portanto, deve-se compreender que o néctar espiritual dos lábios de Krishna tocou estes ingredientes comuns e transferiu para eles todas as suas qualidades espirituais".
Comer só alimentos oferecidos a Krishna é a perfeição final de uma dieta vegetariana. Afinal, mesmo muitos animais como pombos e macacos são vegetarianos, assim tornar-se vegetariano não é em si a maior proeza. Os Vedas nos informam que a finalidade da vida é tornar a despertar a relação original da alma com Deus, e só quando passamos além do vegetarianismo para a prasadam, o ato de comer pode nos ajudar a alcançar esta meta. No Bhagavad-gita, o Senhor Krishna diz que a pessoa só deve comer alimentos oferecidos em sacrifício a Ele; senão ela ficará envolvida nas reações do karma.

Como preparar e oferecer prasadam

Nossa consciência do objetivo superior do vegetarianismo começa ao percorrermos os corredores do supermercado selecionando os alimentos que ofereceremos a Krishna. No Bhagavad-gita, o Senhor Krishna declara que todos os alimentos podem ser qualificados conforme os três modos da natureza material: bondade, paixão e ignorância. Produtos lácteos, doces naturais, vegetais, frutas, nozes e grãos são alimentos no modo da bondade e podem ser oferecidos a Krishna. Como regra geral, os alimentos nos modos da paixão e ignorância não podem ser oferecidos a Krishna, que diz no Gita que estes comestíveis "causam dor, tristeza e doença" e são "podres, decompostos e impuros". Como se pode deduzir, carne, peixe e ovos são alimentos nos modos inferiores. Mas há também alguns poucos artigos vegetarianos que são classificados nos modos inferiores. Alho e cebola, por exemplo não devem ser oferecidos a Krishna. (Hing, às vezes chamado assafétida, é um substituto aceitável na culinária védica e se encontra em lojas de especialidades orientais e indianas). Café e chás que contenham cafeína também estão nos modos inferiores. Se você gosta deste tipo de bebida, pode comprar café descafeinado ou cevada e chás de ervas.
Ao fazer compras, você deve saber que poderá encontrar produtos de carne, peixe e ovos misturados com outros alimentos; por isso não deixe de estudar cuidadosamente os rótulos. Por exemplo, algumas marcas de iogurte e requeijão contêm gelatina, que é preparada com os chifres, cascos e ossos de animais mortos. Além disso, muitos produtos industrializados de sabor morango contém um corante natural chamado de cochonila, que é feito com uma lesma de cor avermelhada de mesmo nome. Cuidado para não comprar queijo que contenha coalho, uma enzima extraída dos tecidos do estômago dos bezerros. A maioria dos queijos contém coalho, portanto cuidado, só compre queijos cujo rótulo indicar coalho vegetal.
Você deve também evitar alimentos pré-cozidos por pessoas que não sejam devotos de Krishna. Segundo as sutis leis da natureza, o cozinheiro age sobre o alimento não apenas física, mas também mentalmente. Assim o alimento se torna um meio para influências sutis em sua consciência. Pelo mesmo princípio, um quadro não é apenas uma coleção de traços numa tela, mas é uma expressão do estado de espírito do artista, e este conteúdo mental é absorvido pela pessoa que olha para o quadro. Igualmente, se comemos alimentos cozinhados por pessoas carentes de consciência espiritual (empregados que trabalham numa fábrica em algum lugar), então certamente absorveremos uma dose de energias mentais materialistas. Então, faça o possível para usar só ingredientes frescos e naturais.
No preparo do alimento, limpeza é o princípio mais importante. Nada impuro deve ser oferecido a Deus, então conserve bem limpa a sua cozinha. Sempre lave completamente as mãos antes de preparar os alimentos. Enquanto prepara, não experimente a comida, porque você não está cozinhando só para você, mas para o prazer de Krishna, que deve ser o primeiro a saboreá-la. Disponha porções da comida em louça especial para este fim. Ninguém a não ser o Senhor deve comer nestes pratos. A forma de oferenda mais simples é dizer simplesmente: "Meu querido Senhor Krishna, por favor, aceite este alimento", e cantar as seguintes orações três vezes cada, tocando um sino:
l. Oração a Shrila Prabhupada:
nama om vishnu-padaya krishna-presthaya bhu-tale
shrimate bhaktivedanta-svamin iti namine
Ofereço minhas respeitosas reverências a Sua Divina Graça A.C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada, que é muito querido pelo Senhor Krishna, por ter se refugiado em Seus pés de lótus.
namas te sarasvate deve gaura-vani-pracarine
nirvishesha-shunyavadi-pascatya-desha-tarine
Nossas respeitosas reverências a ti, ó mestre espiritual, servo de Sarasvati Gosvami. Estás bondosamente pregando a mensagem do Senhor Chaitanyadeva e libertando os países ocidentais, que estão repletos de impersonalismo e niilismo.
2. Oração ao Senhor Chaitanya:
namo maha-vadanyaya krishna-prema-pradaya te
krishnaya krishna-chaitanya-namne gaura-tvishe namah
Ó encarnação mais munificente! És o próprio Krishna aparecendo como Shri Krishna Chaitanya Mahaprabhu. Assumiste a cor dourada de Shrimati Radharani, e estás distribuindo à vontade o amor puro por Krishna. Oferecemos nossas respeitosas reverências a Ti.
3. Oração ao Senhor Krìshna:
namo brahmanya-devaya go-brahmana-hitaya ca
jagad-hitaya krishnaya govindaya namo namah
Meu Senhor, és o benquerente das vacas e dos brahmanas, és o benquerente de toda a sociedade humana e do mundo inteiro.
Lembre-se que a verdadeira finalidade disso tudo é mostrar sua devoção e gratidão ao Senhor. O próprio alimento que você está oferecendo é secundário. Krishna aceita o sentimento devocional. Deus é completo em Si mesmo. Ele não precisa de nada. Nossa oferenda é apenas um meio de mostrar nosso amor e gratidão a Ele. Em seguida à oferenda, a pessoa deve cantar por alguns minutos o mantra Hare Krishna (ou pelo menos 3 vezes):

Hare Krishna, Hare Krishna, Krishna Krishna, Hare Hare
Hare Rama, Hare Rama, Rama Rama, Hare Hare.
Então, pode-se servir a prasadam. Tente apreciar a qualidade espiritual da prasadam lembrando que, por Krishna tê-la aceitado, ela não é diferente de Krishna e por comê-la a pessoa se purifica.
Tudo o que é oferecido em seu altar se torna prasadam, a misericórdia do Senhor. Restos de flores, incenso, água e comida – tudo o que se oferece para o prazer do Senhor se torna espiritualizado. O Senhor entra nas oferendas, e os restos desta oferenda são diretamente o próprio Senhor. Portanto você não só deve respeitar profundamente as coisas que Lhe ofereceu, mas deve distribuí-las aos outros. Esta distribuição de prasadam, a misericórdia do Senhor, é uma parte essencial da adoração à Deidade.


Vida diária

Os quatro princípios reguladores

Qualquer candidato seriamente interessado em fazer progresso em qualquer forma de disciplina de yoga deve esforçar-se para evitar as seguintes quatro atividades materiais:
1. Consumo de carne, peixe e ovos. Como foi explicado acima, estes são os alimentos na qualidade da ignorância e não podem ser oferecidos ao Senhor.
2. Jogos de azar. Eles invariavelmente deixam a pessoa ansiosa e alimentam a inveja, a cobiça e a ira.
3. Uso de intoxicantes. Drogas, álcool e cigarro, bem como qualquer bebida ou alimento que contenha cafeína. Usar estas substâncias obscurece sem necessidade a mente, que já está obscurecida por toda a espécie de conceitos materiais de vida.
4. Sexo ilícito. Sexo ilícito quer dizer sexo fora do casamento ou sexo no casamento sem o propósito de conceber um filho que será educado para tornar-se consciente de Deus. Os Vedas afirmam que os pais são responsáveis pelas reações kármicas de seus filhos. Em outras palavras, se seu filho incorre em mau karma, você mesmo deve sofrer uma parte deste karma. As crianças devem ser ensinadas a amar a Deus obedecendo às leis de Deus e evitando comportamento pecaminoso.

Ocupação em serviço devocional prático

Todos devem trabalhar para a simples manutenção do corpo, mas se o trabalho é feito só para a satisfação da pessoa, ela deve aceitar as reações boas e más deste trabalho. No Bhagavad-gita, o Senhor Krishna diz que o trabalho deve ser executado para a satisfação do Senhor: "É necessário executar trabalho em sacrifício a Vishnu (Deus), de outro modo o trabalho nos ata a este mundo material." (Bg. 3.9)
Não é necessário mudar de profissão. A pessoa pode ser um escritor e escrever para Krishna, um artista e pintar para Krishna, um cozinheiro e cozinhar para Krishna. Também a pessoa pode ajudar o templo diretamente em seu tempo livre e, além disso, ela pode sacrificar os frutos de seu trabalho contribuindo com uma parte de seus ganhos para ajudar a propagar o movimento da consciência de Krishna no mundo todo. Por exemplo, em nosso programa de membros vitalícios, os patronos oferecem doações regulares ao templo. Alguns compram nossos livros e os distribuem a seus amigos e parentes, ou se ocupam numa variedade de serviços no templo. Nós os incentivamos a participar nessas atividades. Contudo, você não deve trabalhar como açougueiro ou vendedor de talões de jogos de azar.

Princípios devocionais adicionais

1. Estudar a literatura da consciência de Krishna. O fundador-acharya da ISKCON, Shrila Prabhupada, dedicou a maior parte de seu tempo a escrever livros, porque está dito que ouvir as escrituras de um mestre espiritual realizado é uma das práticas espirituais mais importantes. Tente reservar algum tempo todos os dias para ler os livros de Shrila Prabhupada.
2. Associar-se com os devotos. O movimento Hare Krishna foi estabelecido para dar às pessoas em geral a oportunidade de associar-se com os devotos do Senhor. Associando-se com os devotos, ganha-se fé e entusiasmo no serviço devocional. Ao contrário, se alguém mantém relações íntimas com não devotos, a vida espiritual se torna enfadonha. O progresso na consciência de Krishna se faz muito facilmente na associação com os devotos.
3. Programa de residência. Para aqueles de vocês que estão interessados em progredir mais na consciência de Krishna, temos disponível um programa introdutório de residência que educa a pessoa em todos os aspectos básicos da filosofia consciente de Krishna e também a treina nos aspectos básicos de bhakti-yoga. Se você está interessado no curso introdutório, por favor, mande-nos um email.


Conclusão

Este folheto é apenas um esquema básico de como praticar a consciência de Krishna em sua própria casa. A beleza da consciência de Krishna é que você pode aceitar tanto quanto esteja preparado para ela. Ninguém vai lhe obrigar a seguir nada. Você mesmo é que decide o quanto vai praticar do que recomendamos aqui. O próprio Krishna promete no Bhagavad-gita: "Não há perda nem diminuição neste esforço, e mesmo um pequeno progresso neste caminho protege a pessoa do maior tipo de medo". Então, coloque Krishna na sua vida diária. Garantimos que você sentirá os efeitos. E sinta-se à vontade para perguntar sobre os assuntos aqui tratados, ou quaisquer outras dúvidas que você acaso tenha.
Para obter uma cópia impressa deste livreto, fale conosco.

http://www2.iskcon.com.br/index.php?id=118&type=1

Nenhum comentário:

Postar um comentário